• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

NASA vai criar padrão de tempo especial para a Lua até 2026

NASA vai criar padrão de tempo especial para a Lua até 2026Danielle Cassita

Já se perguntou como seria um padrão de tempo específico para a Lua, como se fosse um fuso horário lunar? Para descobrir, o governo dos Estados Unidos instruiu nesta terça-feira (2) a NASA a criar um padrão horário unificado em nosso satélite natural e em outros corpos no espaço. Agora, a agência espacial norte-americana vai trabalhar com outras unidades federais e agências internacionais para estabelecer até setembro de 2026 o que foi chamado de Horário Lunar Coordenado (LTC).

A ideia não é criar algo como os fusos horários que temos na Terra, mas sim um quadro completo de referência temporal na Lua. Como a gravidade lunar é mais fraca que a do nosso planeta, o tempo passa 58,7 microssegundos mais rápido do que na Terra. “O mesmo relógio que temos na Terra se moveria em um ritmo diferente na Lua”, explicou Kevin Coggins, chefe de comunicações espaciais e navegação da NASA.

A diferença de 58,7 microssegundos pode parecer pequena, mas é suficiente para causar um desalinhamento entre o tempo na Terra e o da Lua. “Pense nos relógios atômicos do Observatório Naval dos EUA. Eles são o ‘batimento cardíaco’ da nação, sincronizando tudo. Você vai querer um batimento cardíaco na Lua”, acrescentou Coggins.

– Siga no Instagram: acompanhe nossos bastidores, converse com nossa equipe, tire suas dúvidas e saiba em primeira mão as novidades que estão por vir no Canaltech. –

Segundo ele, “faz sentido que, quando você for a outro corpo [no espaço], como a Lua ou Marte, que cada um tenha seus próprios batimentos cardíacos”. É aqui que entra o LTC: com o horário lunar coordenado, sondas lunares e satélites teriam a precisão extrema necessária para cumprir suas missões.

Mas como isso vai acontecer? Bem, para entender, podemos usar a Terra como referência: por aqui, os relógios e fusos horários operam conforme o Tempo Universal Coordenado (UTC), definido a partir de uma grande rede global de relógios atômicos posicionados em diferentes lugares. Eles medem as mudanças no estado dos átomos e geram uma média, que permite determinar o tempo de forma precisa.

Para o LTC ser criado, talvez seja necessário levar relógios atômicos para a Lua. Além disso, a implementação deste padrão de tempo vai exigir também acordos internacionais conforme padrões e entre as mais de 30 nações que assinaram os Acordos Artemis, que determinam como as nações devem atuar no espaço e na Lua. O Brasil assinou os Acordos em 2021; já a China e Rússia, os maiores rivais dos Estados Unidos no espaço, não.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

Adicionar aos favoritos o Link permanente.