Mulher é morta por ex, que atira em menina de 4 anos e comete suicídio

Adriana Gabrieli teve um relacionamento com o homem que a matou, ela havia terminado o relacionamento devido à agressõesReprodução/Facebook

Adriana Gabrieli foi morta na noite de terça-feira (28), em Santa Cruz das Palmeiras, interior de São Paulo, por um homem com quem teve um breve relacionamento, e havia se separado dele após ter sido agredida.

A mulher estava em casa com o marido e a filha de 4 anos quando o ex invadiu a casa e deu dois tiros no marido, baleou a criança pelas costas e atirou em Adriana, que estava no banheiro. Ela morreu no local, já marido e filha foram resgatados e levados para o Pronto-Socorro Municipal de Santa Cruz das Palmeiras, o estado de saúde dos dois não foi divulgado

Segundo noticiado pelo G1, o autor do crime, que não teve o nome divulgado, se suicidou logo após a ação. A Polícia Militar informou que Adriana havia se separado do marido e começado um relacionamento com o homem, mas se separou dele depois de ter sido agredida e voltou a viver com o marido no Conjunto Habitacional Prefeito Agostinho Nino Deperon.

A perícia da Polícia Civil esteve no local e a investigação deverá apontar a motivação do crime. O corpo de Adriana será velado hoje, 29 de maio, e o enterro será no Cemitério Municipal de Santa Cruz das Palmeiras.

Adriana Gabrieli estava com marido e filha no momento do crime, os dois foram levados ao hospital com vida, ela morreu no localReprodução/Facebook
Adicionar aos favoritos o Link permanente.